Vettel deixa performance em segundo plano e vê “esforço impressionante” da Aston Martin

Vettel deixa performance em segundo plano e vê "esforço impressionante" da Aston Martin

Vettel deixa performance em segundo plano e vê “esforço impressionante” da Aston Martin




Depois de bater no TL3, Vettel conseguiu ser mandado à pista pela equipe de mecânicos da Aston Martin

Depois de bater no TL3, Vettel conseguiu ser mandado à pista pela equipe de mecânicos da Aston Martin

Foto: Aston Martin / Grande Prêmio

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: CLASSIFICAÇÃO GP DA AUSTRÁLIA DE F1 | Briefing

Até aqui, tem sido um final de semana para se esquecer por parte de Sebastian Vettel. O tetracampeão mundial viu o motor de sua Aston Martin esfumaçar na sexta-feira, durante os primeiros treinos livres, e teve que trocar sua unidade de potência. Neste sábado, durante o TL3, perdeu o controle do AMR22 e bateu na curva 10 do remodelado circuito em Melbourne.

A batida fez a equipe de engenheiros e mecânicos da equipe britânica correr contra o tempo para colocar o carro do alemão na pista a tempo do treino classificatório. Quando parecia que não seria possível, a bandeira vermelha causada pelo acidente entre Lance Stroll e Nicholas Latifi aumentou a janela de tempo e permitiu que Vettel pudesse competir na classificação. O 18º lugar no grid de largada não desanimou o piloto, que preferiu enaltecer o trabalho feito na garagem pela Aston Martin.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Em termos de resultado, sim, foi um dia ruim. Sabemos que são tempos difíceis. Mal tive tempo no carro, então é difícil saber onde está o limite, já que mal tive voltas desde sexta de manhã. O verdadeiro esforço hoje foi do time, em conseguir mandar nossos dois carros à pista. O tempo estava muito apertado para arrumar os carros depois do Q3 e antes da classificação”, afirmou Vettel.

“Nós não conseguimos, mas a bandeira vermelha nos salvou. Mas foi impressionante de ver toda a equipe se unir e arrumar o carro em tão pouco tempo. Penso que essa foi a nossa corrida hoje, realmente. Vamos descobrir o quão rápidos estamos no domingo (10). Mas hoje, o trabalho do time foi incrível”, ressaltou o alemão.

Quanto às expectativas para o GP da Austrália, Vettel enfatizou o pouco tempo de pista que teve com o AMR22 – vale lembrar que o piloto perdeu as duas primeiras etapas do calendário por conta da Covid-19 – para colocar os pés no chão.

“Em termos de velocidade, não vamos ter nenhum milagre. Vamos ver. Eu mal tive tempo de pista, então não tenho ideia de onde estamos. Vamos tentar tudo o que pudermos”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP da Austrália AO VIVO e EM TEMPO REAL. A largada está marcada para as 3h do domingo.

SEM LIMITES? CONTRA PRÓPRIA REGRA, FÓRMULA 1 PODE CHEGAR A 26 CORRIDAS EM 2023

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Read:  Fluminense empata fora de casa e se complica na Sul-Americana