Sabrina Sato diz que “não tem periquita” para sexo 4 vezes por semana

Imagem com foto de Sabrina Sato na porta do camarim do Domingão com Huck

Sabrina Sato diz que “não tem periquita” para sexo 4 vezes por semana

Sabrina Sato afirmou que não conseguiria manter uma frequência sexual como a de Jennifer Lopez e Ben Affleck. Segundo o jornal espanhol La Vanguardia, uma das cláusulas do acordo pré-nupcial dos artistas estabelece que o casal deverá ter relações de amor intenso pelo menos quatro vezes por semana. O assunto foi abordado durante participação da atriz Deborah Secco no Saia Justa, do GNT, na última quarta-feira (4).

“Os dois são realmente muito gostosos. Eu também olho para o Duda [Nagle] e acho lindo, gostoso, maravilhoso. Mas a vontade…”, brincou Sabrina durante a atração que também é comandada por Astrid Fontenelle, Luana Xavier e Larissa Luz. “Eu não tenho nem periquita para isso, para falar a verdade”, continuou a ex-funcionária da Record. “E nem eles têm pau para isso. Tudo trabalhado no ‘viagra’”, respondeu Astrid. Deborah Secco afirmou sentir muito tesão pelo marido Hugo Moura, mas disse que gostaria de ter mais tempo para fazer sexo.

Read:  Bruce Willis anuncia aposentadoria após ser diagnosticado com afasia

Essa é a segunda vez que Jennifer Lopez e Ben Affleck se preparam para subir ao altar. Em 2003, eles chegaram a marcar o casamento para setembro daquele ano, mas o matrimônio acabou cancelado quatro dias antes da cerimônia. Em uma entrevista para um tabloide americano, a cantora admitiu que a sua separação foi a “primeira grande decepção amorosa”, mas que não se arrependia do noivado com o ator.

Sabrina Sato revela motivos que a fizeram posar nua para Playboy

Sabrina Sato abriu o jogo e revelou os motivos que a fizeram posar nua para a revista Playboy em 2003. Segundo a apresentadora do Saia Justa, ela aceitou o convite da publicação por “prazer, dinheiro e vaidade”. Sabrina afirmou que enxerga seu corpo com naturalidade e sem tabus. “Você fez a Playboy por dinheiro ou por prazer?”, perguntou Astrid Fontenelle no programa do GNT. “Fiz por prazer, por dinheiro, por vaidade (risos)”, respondeu Sato. Em seguida, a veterana pediu para que a ex-Pânico colocasse as opções em uma ordem de prioridades.

Read:  Fabio Porchat revela que odiava humor do Zorra Total: “Coisa velha”

Sabrina ignorou o pedido e fez um relato: “Acho que por poder mesmo, a Playboy era muito poderosa na época. Foi muito difícil aceitar, eu demorei para aceitar, quase que não fiz porque meu pai foi contra, minha mãe foi contra, meu irmão falou que ia largar a faculdade, minha irmã, todo mundo foi contra”. “Só que ia ganhar com a Playboy um dinheiro que ia mudar a minha vida e que meus pais, trabalhando a vida inteira, nunca tinham ganho. Então, querendo ou não, era o início de um poder para mim. Era o início da minha carreira, do que eu precisava”, disse ela.

Read:  Rosca de Pascua: las mejores recetas para hacerla en casa

“Posei nua para a Playboy quando sai do BBB. Na verdade, na minha época, mulheres não ganhavam o BBB. Era eu, a Grazi [Massafera], várias mulheres na sequência. As pessoas já não votavam para a gente ganhar, pois, sabiam que íamos fazer a Playboy depois, aí diziam: ‘Ah, ela vai ganhar o dobro do prêmio depois’. E, realmente, a gente ganhava o dobro do prêmio com a Playboy. Só que, para mim, sempre foi tão natural ficar nua”, explicou Sabrina.