Rogério Ceni arma São Paulo ‘bem diferente’ para o duelo em Mirassol no Paulistão

Além do frio, a cidade de São Joaquim quer ser conhecida pelos seus vinhos

Rogério Ceni arma São Paulo ‘bem diferente’ para o duelo em Mirassol no Paulistão

A escalação do São Paulo para o duelo contra o Mirassol, neste domingo, às 16h, fora de casa, deverá ser bem diferente daquela que entrou em campo na quinta-feira para o clássico diante do Palmeiras, no Morumbi. O técnico Rogério Ceni vai quebrar a cabeça para montar os 11 titulares, por causa de desfalques, retornos e possíveis poupados de olho na Copa do Brasil.

Rafinha, Diego Costa e Gabriel Sara não devem ir para o duelo da 11ª rodada do Campeonato Paulista. O lateral-direito foi expulso frente ao Palmeiras, o zagueiro passou por exames após a bolada que levou na cabeça e o meia sofreu uma lesão no tornozelo direito saiu de muletas do Morumbi.

Read:  Confiança da zona do euro mal fica estável em maio, expectativas de inflação diminuem

Em compensação outro trio, formado por Jandrei, Nikão e Alisson, poderá reforçar a equipe. Os dois primeiros estão livres da covid-19, enquanto o meio-campista precisa se recuperar fisicamente, após uma lesão.

Rogério vai definir a escalação neste sábado, após o último treino antes do duelo em Mirassol. Mas já adiantou que mexerá bastante para focar no jogo com o Manaus, pela Copa do Brasil, quarta-feira. Uma formação que poderá entrar em campo: Jandrei, Moreira, Miranda, Léo e Reinaldo; Luan, Andrés e Nikão (Patrick); Alisson, Rigoni (Marquinhos) e Luciano.

O São Paulo lidera o Grupo B, com 17 pontos, dois a mais que o São Bernardo, enquanto a Ferroviária tem dez e o Novorizontino, já rebaixado para a Série A2 em 2023, tem apenas três pontos.

Read:  Messi rebate declaração de Mbappé e defende futebol sul-americano