Preço do aço na China se recupera com promessa do governo de facilitar logística

Preço do aço na China se recupera com promessa do governo de facilitar logística

Preço do aço na China se recupera com promessa do governo de facilitar logística

Os contratos futuros do aço na China mostraram recuperação nesta terça-feira após fortes perdas na sessão anterior, já que governos locais foram instados a garantir um transporte tranquilo dos principais materiais de produção.




Vergalhões de aço em Fenyang, China 
28/04/2016
REUTERS/John Ruwitch

Vergalhões de aço em Fenyang, China 28/04/2016 REUTERS/John Ruwitch

Foto: Reuters

O Conselho de Estado da China disse na segunda-feira que as autoridades locais não devem “poupar esforços” para desbloquear os canais de transporte e assegurar a logística para necessidades diárias e produtos agrícolas, energéticos e matérias-primas.

O transporte foi dificultado recentemente em meio às medidas do governo chinês para impedir a propagação da Covid-19, resultando em maiores estoques de produtos siderúrgicos nas usinas e nos traders.

O vergalhão de aço mais ativo na Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega em outubro, saltou 2,2%, para 5.035 iuanes (790,57 dólares) por tonelada no fechamento.

As bobinas laminadas a quente usadas no setor manufatureiro terminaram com alta de 1,8%, a 5.180 iuanes por tonelada. Os futuros de aço inoxidável avançaram 0,4%, a 19.555 iuanes por tonelada.

No entanto, analistas ainda estão cautelosos com o consumo de aço, já que o surto atual de Covid-19 continua prejudicando a demanda.

As matérias-primas subiram na Bolsa de Dalian depois que a cidade de Tangshan, um centro siderúrgico, suspendeu um lockdown geral.

Os futuros de minério de ferro de referência, para entrega em setembro, subiram 4,4%, para 925 iuanes por tonelada. Os preços spot do minério de ferro com teor de 62% avançaram 3,50 dólares, para 154,0 dólares a tonelada, segundo a consultoria SteelHome.

Read:  Corinthians perde para um time boliviano pela primeira vez na história