Luísa Sonza cobra evolução da sociedade sobre liberdade sexual feminina

Luísa Sonza falou sobre o posicionamento da sociedade sobre as mulheres

Luísa Sonza cobra evolução da sociedade sobre liberdade sexual feminina

Luísa Sonza concedeu uma entrevista para a GQ e revelou o que pensa sobre o momento atual em que vive e as críticas que recebe por expor seu corpo em seus shows, clipes e redes sociais. A artista relatou que a sociedade precisa evoluir no quesito de liberdade sexual feminina. “Nos últimos anos as coisas tem mudado bastante, mas temos um longo caminho a percorrer dentro da nossa sociedade que ainda é extremamente machista”, afirmou.

“Um dos meus grandes objetivos dentro da minha música, dentro da minha arte, mesmo que indiretamente… é empoderar mulheres e fazer com que elas entendam que somos donas dos nossos corpos, e temos a liberdade de ser quem quisermos. Durante o caminho com certeza iremos encontrar quem tente mostrar ao contrário, mas é importante que a gente não pare e lute pelo que acreditamos. Só dessa forma conseguiremos galgar nossos espaços”, disse.

Read:  El enojo de la China Suárez con el ciclo conducido por Ángel de Brito

A cantora detalhou a dificuldade em ser artista no Brasil e falou sobre as críticas que recebe. “Ser uma artista pop no Brasil não é fácil, confesso… Sempre tive muitas influências da cultura pop internacional, e quando a gente traz um pouco dessa “ousadia” para cá, as pessoas muitas vezes não interpretam tão bem. Desde muito nova nós mulheres somos cobradas a sermos ‘perfeitas’ e moldadas do jeito que os homens querem… E essa cultura pop e toda minha base familiar, me fizerem entender e aprender que não, a gente pode sim ser livres para traçar nossos objetivos e ser dona de nossos desejos”, pontuou Luísa Sonza.

Read:  "Ele me odeia e usa meu nome"