Chelsea pede que jogo seja realizado sem público por estar impedido de vender ingressos

Além do frio, a cidade de São Joaquim quer ser conhecida pelos seus vinhos

Chelsea pede que jogo seja realizado sem público por estar impedido de vender ingressos

O Chelsea solicitou nesta terça-feira à Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) que o jogo pela Copa da Inglaterra, contra o Middlesbrough, fora de casa, seja realizado sem público. O confronto é válido pelas quartas de final da competição e está marcado para o próximo sábado.

A decisão se dá devido à impossibilidade do clube londrino de vender ingressos para os seus torcedores. “É importante para a competição que esta partida contra o Middlesbrough seja disputada. No entanto, é com extrema relutância que pedimos ao Conselho da FA para que este jogo seja disputado com os portões fechados, por questões de integridade esportiva”, disse o clube, em comunicado.

Read:  Senado aprova projeto que libera passagem de linhas de transmissão por terras indígenas

O Middlesbrough discordou do pedido do Chelsea e chamou a decisão de “bizarra e sem qualquer mérito”. “Entendemos que as sanções impostas ao Chelsea não tem qualquer relação com o Middlesbrough Football Club. Sugerir que o clube e seus torcedores sejam penalizados é não apenas grosseiramente injusto como também sem qualquer fundamento.”

A proibição para vender ingressos compõe uma série de punições ao Chelsea devido à guerra da Rússia contra a Ucrânia e a proximidade do oligarca russo Roman Abramovich com o presidente Vladimir Putin.

Nas últimas semanas, Abramovich teve vários bens e recursos congelados no Reino Unido. O clube de Londres também se manifestou nesta terça dizendo que está em “discussões amplas” com o governo para buscar diminuir as sanções que vem enfrentando.

Read:  Colón le ganó a Olimpia y está en octavos de la Copa Libertadores